> English
> Français
> Italiano
El lugar de encuentro de los católicos en la red
 
 
Tus Favoritos   |   Página de Inicio   |   Recomiéndanos   |   Opiniones   |   Suscríbete
Religiosas | sección
Religiosas (Portuguese) | categoría
Religiosas Missionárias e Apostólicas | tema
Autor: Hna. Maria Sponsa Amabilis Araujo Madeiros | Fuente: Família Religiosa do Verbo Encarnado
Família Religiosa do Verbo Encarnado
Pelo carisma próprio do Instituto, todos os seus membros devem trabalhar, em suma docilidade ao Espírito Santo e dentro do exemplo de Maria, a fim de assenhorear para Jesus Cristo todo o autenticamente humano, nas situações mais difíceis e nas condições
 
Família Religiosa do Verbo Encarnado
Família Religiosa do Verbo Encarnado
A Família Religiosa do Verbo Encarnado começou na Argentina, no dia 25 de março de 1984, fundada pelo Pe. Carlos Miguel Buela.

Levamos o nome “do Verbo Encarnado” em honra ao Mistério da Encarnação do Filho de Deus, que foi o maior acontecimento da história. Mistério na qual centramos nossa espiritualidade e da qual tomamos exemplo para poder concretizar nosso fim específico: inculturar o Evangelho, prolongando a Encarnação em todo homem e em todas as manifestações do homem.

Por graça de Deus, o pequeno grupo nascido, a poucos anos, na cidade de San Rafael, Mendoza, floreceu em diversas partes do mundo. Atualmente estão em 34 países dos cinco continentes, com aproximadamente 1500 membros missionários e missionárias consagrados a Deus segundo seja sua vocação, religiosa ou laical.

Estes países são:
*Europa: Holanda, Ucrania, Lituania, Russia, Albania, Itália, Espanha, Islândia,
Dinamarca, Irlanda e França.
*América: Canadá, Estados Unidos, Guiana, Equador, Peru, Brasil, Argentina e Chile.
*África: Egito, Sudão, Kenia e Tunes.
*Ásia: Palestina, Israel, Jordânia, Paquistão, Tadjiquistão, China, Taiwan,
Filipinas, Russia e Cazaquistão.
*Oceânia: Papua- Nova Guiné


Padre Carlos Miguel Buela - Fundador da família do Verbo Encarnado
O padre Carlos Miguel Buela, I.V.E., é sacerdote desde o dia 7 de outubro de 1971. Desde o começo de seu sacerdócio, se dedicou grandemente à pastoral juvenil, com a convicção de que a Igreja se ocupa dos jovens “não por tática, senão por vocação”.

Para eles escreveu “Jóvenes hacia el tercer milenio”, livro que já se encontra na quinta edição e foi premiado na Feira Internacional do Livro como «melhor livro sobre Religião e Espiritualidade». Também é autor do Catecismo de los jóvenes; Modernos ataques contra la familia; María de Luján, el misterio de la Mujer que espera; Fátima. Y el sol bailó; Sacerdotes para Siempre e de numerosos artigos publicados em diversas revistas. Incansável pregador e grande difusor dos Exercícios Espirituais de Santo Inácio de Loiola. Fundou três Lares de Caridade para crianças deficientes e órfãs, e dois colégios secundários.

Fundou o “Instituto do Verbo Encarnado” e o Instituto “Servidoras do Senhor e da Virgem de Matará”, ramo feminino da Família religiosa “do Verbo Encarnado”. Ambos Institutos em formação, contam com ramo contemplativo e ativo, têm como carisma a prolongação da Encarnação do Verbo em todas as manifestações do homem e como fim específico, a evangelização da cultura. Atualmente é o Superior Geral do ramo masculino.


Carisma e Missão do Instituto
Pelo carisma próprio do Instituto, todos os seus membros devem trabalhar, em suma docilidade ao Espírito Santo e dentro do exemplo de Maria, a fim de assenhorear para Jesus Cristo todo o autenticamente humano, nas situações mais difíceis e nas condições mais adversas.
É a graça de saber como agir, em concreto, para prolongar Cristo nas famílias, na educação, nos meios de comunicação, nos homens de pensamento e em toda legítima manifestação da vida do homem.
É o dom de fazer que cada homem seja, “como uma nova Encarnação do Verbo”, sendo essencialmente missionários e marianos.
Por isso, a missão, recebida do fundador e proposta à Igreja para ser sancionada, é levar à plenitude as consequências da Encarnação do Verbo, que é o “compêndio e raiz de todos os bens”, em especial ao amplo mundo da cultura, ou seja, à “manifestação do homem como pessoa, comunidade, povo e nação.


Nossa finalidade
A finalidade que nos propomos é duplo: por um lado, um fim universal, por ele buscamos a glória de Deus e a salvação das almas. Por outro lado um fim específico, que comprometemos com todas nossas forças inculturar o Evangelho, ou seja, prolongar a Encarnação em “todo homem, todo o homem, e em todas as manifestações do homem”, de acordo com os ensinamentos do Magistério da Igreja.


Fim Universal
Como todo Instituto de vida consagrada, temos um fim universal e comum – que convém denominar vocação - por ele queremos seguir a Cristo mais de perto, baixo a ação do Espírito Santo, para que, entregados à sua glória, à edificação de sua Igreja e à salvação do mundo, consigamos a perfeição da Caridade e por ela, a que conduz a profissão dos conselhos evangélicos de castidade, pobreza e obediência, unir-nos de modo especial à Igreja e a seu mistério.
Existe, também, um fim universal próprio de todo instituto de vida religiosa, o qual não é outro que a consagração total de nossa pessoa, manifestando o desposório admirável estabelecido por Deus na Igreja, sinal da vida do Céu.
Isto se manifesta na formação de uma família, emissão dos votos públicos e vida fraterna em comum; e no testemunho público que devemos dar ao mundo.


Fim Específico
Queremos finalmente, como fim específico e singular, dedicar-nos à evangelização da cultura, ou seja, trabalhar para “transformar com a força do Evangelho os critérios de juízo; os valores determinantes; os pontos de interesse; as linhas de pensamento; as fontes inspiradoras; os modelos de vida da humanidade”; “para que estejam imbuídos da força do Evangelho: os modos de pensar; as normas de ação”, pois não podemos esquecer que o Concílio Vaticano II destacou que: “Este divórcio entre a fé que professam e o comportamento quotidiano de muitos deve ser contado entre os mais graves erros do nosso tempo” (Gaudium et Spes, 43) e ele se deve, em grande medida ao fato de que o mundo “foi se separando e distinguindo, nestes últimos séculos, do tronco cristão de sua civilização”, o qual tem conduzido à descristianizacão da cultura.


Escravidão Mariana
É também nossa intenção manifestar nosso amor e agradecimento à Santíssima Virgem... junto com a obtenção de sua ajuda imprescindível para prolongar a Encarnação em todas as coisas, fazendo um quarto voto de escravidão mariana, segundo São Luis Maria Grignón de Montfort. O espírito de nossa família religiosa não quer ser outro que o Espírito Santo e, se por acaso se converte em outro, desde agora e de qualquer lugar, comprometemos nossa súplica para que o Senhor a apague da face da Igreja.
Só na mais absoluta fidelidade ao Espírito Santo se pode usar corretamente a espada do Espírito que é a Palavra de Deus (Ef 6,17). Nosso pobre alento unicamente é fecundo e irresistível se está em comunicação com o vento de Pentecostes.
Para alcançar esta disposição de suma, total e irrestrita docilidade ao Espírito Santo, que é o Espírito de Cristo (cf. Rom 8,9), necessitamos que a Santíssima Virgem seja o modelo, a guia, a forma de todos nossos atos, pelos quais, com todas as forças da alma, e do coração, hoje e sempre, dizemos: “TOTUS TUUS”, MARIA!.


Nosso apostolado
De maneira especial, queremos dedicar-nos à pregação da Palavra de Deus mais cortante que espada de dois gumes (Heb 4,12) em todas suas formas. No estudo e no ensinamento da Sagrada Escritura, a Teologia, os Santos Padres, a Liturgia, a Catequese, o Ecumenismo, o diálogo inter-religioso, etc. Na realização de missões populares, exercícios espirituais, educação e formação cristã de crianças e jovens, segundo o método dos oratórios, obras de caridade com os mais necessitados (crianças abandonadas, enfermos, anciãos) mediante a fundação e trabalho em “Lares”.
Também na busca e formação de idôneos ministros da Palavra, na publicação de revistas, tratados, livros, etc., e em outras coisas. Pelo verbo oral e escrito queremos prolongar o Verbo.



Nossa espiritualidade
Consideramos que nossa Espiritualidade deve estar profundamente marcada pelo mistério da Encarnação em seus múltiplos aspectos.
Queremos estar ancorados no mistério sacrossanto da Encarnação, que é "o primeiro mistério e fundamental de Jesus Cristo", atualmente presente, e dali lançar-nos ousadamente a restaurar todas as coisas em Cristo (Ef 1,10). Queremos ser outra Encarnação do Verbo para encarná-lo em todo o humano. Nossa religião "é uma doutrina, mas sobre tudo é um acontecimento: o acontecimento da Encarnação, Jesus, Homem-Deus que recapitulou em si o Universo (cfr.. Ef 1,10)". "Impossível é encontrar algo semelhante ao mistério da Santíssima Trindade e da Encarnação".
Do fato da Encarnação Redentora queremos tirar luz e forças sempre novas, já que Jesus Cristo é fonte inexaurível do Ser, da Verdade, da Bondade, da Beleza, da Vida, do Amor. Por que "ancorados no mistério da Encarnação"?

Porque desejamos viver intensamente as virtudes da Transcendência, a Fé, a Esperança e a Caridade, a fim de ser sal... ser luz, para não ser do mundo. Porque queremos viver intensamente as virtudes do aniquilar-se: humildade, justiça, sacrifício, pobreza, dor, obediência, amor misericordioso... em uma palavra tomar a cruz (cfr. Mt 16,24).

Precisa estar no mundo e assumir em Cristo todo o humano. Só não assumindo o que não se pode assumir, como o pecado, o engano, a mentira, o mal. Isso para tomarmos, como elementos fundamentais para permear com o Evangelho as culturas, os ensinamentos da Constituição Pastoral Gaudium et Spes do Concílio Vaticano II, as exortações apostólicas Evangelii Nuntiandi e Catechesi Tradendae; discursos do Papa João Paulo II, o documento de Povoa, a Carta Encíclica Slavorum Apostoli, a Carta Encíclica Redemptoris Missio, a exortação apostólica pós-sinodal Pastores dabo vobis, e todas as futuras diretivas, orientações, ensinamentos do Magistério ordinário da Igreja que possam dar-se no futuro sobre o fim específico de nossa pequena família religiosa


Ramos do instituto
Família Religiosa do Verbo Encarnado:A Família Religiosa conta, atualmente, com três ramos de atuação: O Instituto do Verbo Encarnado (IVE), o Instituto Servidoras do Senhor e da Virgem de Matará (SSVM) e a Terceira Ordem Secular.

IVE
O Instituto do Verbo Encarnado é o ramo clerical, motivo pelo qual a maior parte de seus membros são sacerdotes. Existem também religiosos não clérigos chamados irmãos coadjutores. Conta também com membros de vida contemplativa, tanto sacerdotes como irmãos coadjutores. Foi fundado no dia 25 de março de 1984 e desde o dia 25 de dezembro de 1988, contamos também com um ramo contemplativo.

SSVM
O Instituto Servidoras do Senhor e da Virgem de Matará é o ramo femenino religioso de nossa Família e foi fundado no dia 19 de março de 1988. O Instituto está composto por irmãs, seja de vida apostólica como de vida contemplativa.


Terceira Ordem Secular
O ramo laical ou associação de fiéis leigos, com diversos níveis de pertença, desde o apostolado básico até a consagração laical baixo voto.


FALE CONOSCO: Hna. Maria Sponsa Amabilis Araujo Madeiros, Superiora Provincial de Brasil




* PARA MAIS INFORMAÇÕES, VISITE NOSSA COMUNIDADE DE RELIGIOSAS.


* INSCREVA-SE AO NOSSO BOLETIM MENSAL


* PERGUNTAS E SUGESTÕES



 

 
Publicar un comentario sobre este artículo

 Nombre

 Email (no será publicado)

 País

Comentario



Escriba las letras como aparecen



* Gracias por su comentario. El número de mensajes que pueden estar en línea es limitado. La longitud de los comentarios no debe exceder los 500 caracteres. Catholic.net se reserva el derecho de publicación de los mensajes según su contenido y tenor. Catholic.net no se solidariza necesariamente con los comentarios ni las opiniones expresadas por sus usuarios. Catholic.net no publicará comentarios que contengan insultos o ataques y se reserva el derecho de publicar direcciones de correo o enlaces (links) a otras páginas.
     Herramientas del Artículo:
Arriba
.
Ver más artículos del tema
.
Preguntas o comentarios
.
¿En donde estoy?
.
Hacer un donativo
Envíalo a un amigo
.
Formato para imprimir
.
Descargar en PDF
.
Descargarlo a tu Palm
.
  Suscripción canal RSS

Todos los servicios de Catholic.net son gratuitos. Sólo nos mantenemos gracias a los donativos que, voluntariamente, nos hacen algunos de nuestros visitantes. Necesitamos de tu ayuda para continuar anunciando el mensaje de Cristo a través de la Red. Ayúdanos, Dios te lo recompensará.
DA CLICK AQUÍ PARA DONAR

Inicio | Secciones | Comunidades | Servicios | Consultorios | Alianzas | Foros | Contacto
Servicios por email Servicios por email
Foros Foro para Religiosas
Mapas Mapa de Religiosas
Opiniones ¿Qué opinas de Catholic.net?
Comentarios Comentarios al editor de esta sección
Biblioteca Documentos de apoyo de Religiosas
Preguntas frecuentes Preguntas Frecuentes
Donativos Hacer un donativo
• Noticias
• La vida religiosa: Un llamado a la santidad
• Diferentes carismas en la vida religiosa
• Formación
• Promoción Vocacional
• Religiosas ejemplares
• Biblioteca de la religiosa
• Cursos para Religiosas
• La oración
• Religiosas (Portuguese)
• Noticias
• Identidade da Vida Religiosa
• Direção Espiritual
• Alcançar a Santidade no Carisma
• Religiosas Missionárias e Apostólicas
• Religiosas Contemplativas
• Formação
• Promoção Vocacional
• Religiosas Exemplares
• Biblioteca da Religiosa
• Boletíns
Lista de correo
Recibirás mensualmente en tu correo, materiales de espiritualidad y formación permanente, relacionados con el carisma de la Vida religiosa femenina en el mundo.

Suscribir
Cancelar suscripción
Consultores de la comunidad
Consultas y acompañamiento espiritual y formativo. Un servicio exclusivo para mujeres consagradas o religiosas
Ver todos los consultores
Apoyan a la comunidad
• Siervas de los Corazones Traspasados de Jesús y María
• Esglesia
• Servidoras
• Dominicas de la Presentación
• Iconos, un camino de espiritualidad

Ver todas las alianzas que apoyan a la comunidad
Encuesta
¿Catholic.net te ayuda de alguna manera a la conversión, es decir, a un cambio de vida fruto de un encuentro con Jesucristo?
Sí me ha ayudado a llegar al arrepentimiento y al sacramento de la confesión
Sobre todo a la conversión del corazón concretado en obras
Me recuerda la reconciliación con Dios y la ruptura con el pecado.
Encuentro motivación y razones para ser fiel a la gracia de Dios
Me ayuda a convertirme constantemente a Jesucristo
Favorece a la comunión íntima de vida con Dios
No, sólo encuentro recursos pastorales y artículos interesantes
No, pues pienso que la conversión no llega a través de un portal.
Otros (escribe a participa@catholic.net)
> Ver resultados
> Ver todas las encuestas
Foro para Religiosas
¡Participa!
Homenajes  |   Condiciones de uso   |   Donativos   |   Privacidad   |   Transparencia   |   Publicidad   |   Contáctanos   |  RSS
© 2014 Catholic.net Inc.
Todos los derechos reservados
El lugar de encuentro de los católicos en la red